Brad Marley o Embaixador do Reggae, Fone (91)91471127 vivo

bm.mp3

domingo, 17 de julho de 2016

Ziggy Marley lança novo álbum

Sete vezes premiado no Grammy, Ziggy Marley lançou o seu sexto álbum de estúdio, “Ziggy Marley”, na última sexta-feira, 20 de maio, pela Sony Music. Os fãs já podem comprar a versão digital e ouvir o novo álbum exclusivamente através do iTunes e Apple Music.

A partir do dia 3 de junho o álbum ficará disponível em todos os parceiros digitais da Sony. Gravado em Los Angeles e produzido por Marley, o álbum marca seu primeiro lançamento em dois anos, após “Fly Rasta”, aclamado pela crítica em 2014 e ganhador do Grammy 2015 de melhor álbum de Reggae.

Ziggy vai embarcar numa turnê para divulgar o álbum que será lançado dia 27 de maio no Coachella, Califórnia. A turnê irá ainda ao BottleRock Music Festival em Napa, Califórnia, Arise Music Festival em Loveland, Colorado, e OC Fair em Orange County, Califórnia. Para mais informações sobre shows e ingressos, acesse ziggymarley.com.

Cantor, compositor e produtor, vencedor do Emmy e humanitário, Ziggy Marley lançou 12 álbuns. Agora com sua própria gravadora, a Tuff Gong Worldwide, e editora Ishti Music, Marley tem controle total de sua obra. Sua imersão precoce na música foi aos dez anos de idade, acompanhando as sessões de gravação de seu pai, Bob Marley.

Como vocalista do Ziggy Marley and The Melody Makers, o grupo lançou oito álbuns campeões de vendas que ganharam três Grammys, com grandes hits nas paradas como "Look Who’s Dancing," "Tomorrow People" e "Tumbling Down". O primeiro álbum solo de Ziggy, Dragonfly (RCA Records), foi lançado em 2003. O segundo álbum solo, Love is My Religion (Tuff Gong Worldwide), ganhou um Grammy em 2006 como melhor álbum de Reggae.

O terceiro álbum solo, Family Time (Tuff Gong Worldwide), marcou a premiação do Grammy como melhor álbum infantil.  Em 2011, Ziggy lançou o 4º álbum de estúdio, Wild And Free, que teve uma indicação ao Grammy.
Seu álbum ao vivo, “Ziggy Marley In Concert”, de 2012, o fez ganhar o seu sexto Grammy como melhor álbum de Reggae.

Recentemente, Ziggy lançou seu primeiro livro para crianças: "I Love You Too," uma coprodução da Akashic Books e da Tuff Gong Worldwide. A obra baseia-se em uma das músicas mais amadas de Ziggy, "Family Time", que aborda o relacionamento de crianças com os pais, com a natureza e a força infinita do amor. O quinto álbum de estúdio, "Fly Rasta", lançado em 15 de abril de 2014, rendeuu a Ziggy o 7º Grammy de melhor álbum de Reggae.

Fonte:  diariodoaco

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Banda Tropical Reggae é formada apenas por mulheres!

A banda Tropical Reggae teve início no ano de 2015, em meados do mês de fevereiro com a intençao de participar da festa anual de tributo a Bob Marley em Belém -PA e continuar na cena reggae no estado. A Tropical foi fundada por Adria Caroline, a guitarrista da banda, que trouxe com ela amigos de outros projetos onde haviam tocado juntos.
Depois de seu primeiro Tributo a Bob Marley, a Banda Tropical Reggae continuou a fazer apresentações em casas de show na cidade de Belém, onde a cena reggae sempre esteve em ascensão.
Com grandes influências em cantoras como Dona Marie, Roots Circus, Barbara Jones, entre outras grandes intérpretes, o intuito da banda sempre foi dar ênfase às mulheres como frente.
O seu repertório além de homenagear vozes femininas do Reggae Music, também contava com musicas de artistas e bandas consagradas na cena reggae nacional e Internacional.
Porém, devido aos altos e baixos que toda banda passa em seu primeiro ano de vida, a Tropical recebeu mudanças de mais três formações incertas, varios integrantes haviam passado, até chegar à formação cem por cento feminina ao final do ano de 2015 quando começou a alavancar, sendo assim uma banda diferenciada entre as outras e a primeira a ser composta apenas por mulheres, no reggae.
Hoje a Tropical Reggae encontrou sua composição ideal e pretende seguir com as mulheres dando seu toque feminino no trabalho que a banda vem fazendo ao longo de sua jornada. As meninas da Tropical continuam fazendo versões das grandes cantoras do reggae; No entanto, optaram tambem por contar com versões reggae das músicas de cantoras e bandas Pop, renovando sempre o leque de músicas da atualidade; nao esquecendo da musica "brasuca" com grandes classicos de Edson Gomes, Cesar Nascimento e bandas como Natiruts, Cidade Negra e muitos outros, sempre variando do Reggae Roots ao New Roots em todas as suas vertentes.
A tropical já passou por casas de reggae renomadas de Belem-PA como Parque dos Igarapés, Porto Solamar, Tábuas De Maré e o projeto Palco alternativo que fica em Apeú Castanhal - PA.
Contudo, os caminhos ainda não param por ai, a Tropical iniciará, em um futuro próximo, a sua jornada com músicas autorais e pretende não fugir da responsabilidade de fazer um reggae com toda sua essência e vertentes.
A Tropical Reggae tem um ideal de que as mulheres podem e fazem música de qualidade; pretendendo sempre crescer e aprrnder, continuar a incentivar as mulheres em geral a ganharem seu espaço, reconhecimento e respeito; as mulheres regueiras o reconhecimento por estarem sempre presentes, ajudando e fortalecendo ainda mais a cena Reggae no Brasil!
A banda conta com seis Integrantes:
Priscila Morenno - Vocalista.
Adria Caroline - Guitarra Solo.
Sayaka Noda - Guitarra base.
Ellen Costa - Contra Baixo.
Nita Silva - Back Vocal.
Ruth Saldanha - Bateria.
* Colaboração e Produção de: Ana Farias.
(Contato para shows)
Email: anafariias@Gmail.com
Telefones: (91) 981835749.
(Foto: Danielle Bastos.)

Fonte:Fanpage da Banda

quarta-feira, 15 de junho de 2016

KEIDA,UMA NOVA MUSA DO REGGAE JAMAICANO

Makeida Beckford mais popularmente conhecido como "Keida," emergiu como um novo talento no cenário Reggae jamaicana / DANCEHALL com seu single de estréia Boy jamaicano. O single se tornou um hit instantâneo de rádio recebendo airplay nacional e internacionalmente. Isto abriu o caminho para um grande número de colaborações com músicos bem aclamados e produtores.

Criado por pais artista visual, ela desenvolveu um amor para a expressão criativa em tenra idade, mas não descobriu seus talentos musicais até muito mais tarde (2009). KEIDA cresceu na cidade costeira de Bull Bay St.Andrew onde ela e sua família aprendeu a navegar, pintar e cultivar os seus talentos artísticos.


 Ela foi nomeada para a Excelência em Music and Entertainment Award para Melhor Artista Novo Homem (2010) e ganhou Choice Awards é a estrela Pessoas Jamaica em duas categorias: Melhor Novo Artista Feminina e Melhor Singjay em 2010. Em 2011 ela foi escolhida para cantar o mundo cup hino cricket junto com o então reinante Soca Monarch Tian Inverno de Antigua. Depois disso ela destaque em vários shows e eventos sociais em todo o Caribe Oriental.Ela passou a fazer uma turnê promocional na área tristate (New York, New Jersey, Connecticut)

terça-feira, 14 de junho de 2016

O SORRISO LINDO DA MULHER AFRICANA.

A beleza natural da mulher africana,isso é muito lindo de se vê que a beleza da mulher está no sorriso na alma e em toda parte  da mulher.
Uma beleza natural que não precisa de toques da industria da beleza para dizer para nós que ela é linda, muito muito linda linda.
Parabéns para todas as mulheres que se apresentam como obras raras da natureza.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

RAÍSSA STAR,A NOVA VOZ DO REGGAE DO MARANHÃO

Atendendo o pedido do  visitante do blog,estamos postando algumas músicas da Raissa Star, a nova voz do reggae do Maranhão.
O nosso blog, segue a mesma linha de sempre,divulgar os artistas do reggae.

domingo, 5 de junho de 2016

CD, REGGAE VERSÃO VOL-01


É com muito prazer que o blog Jameica Roots, trás para todos o CD  reggae versão volume 01.
Moçada,esse CD é versão de musicas  nacionais  e algumas internacionais  que os nossos artistas maranhenses transfonaram em reggae.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Jamaica inicia processo para tornar reggae patrimônio cultural intangível da Unesco

 Agência Efe | San Juan - 09/02/2016 - 18h53
‘Temos que proteger a história distintiva do reggae como um patrimônio intangível e devemos fazê-lo antes que alguém o faça’, diz ministra da Cultura

O Ministério de Cultura da Jamaica iniciou o processo para inscrever o reggae na lista de patrimônio cultural intangível da Unesco, onde pode figurar como um bem jamaicano, informou nesta terça-feira (09/02) o governo da ilha caribenha em sua conta no Twitter.
                                    Flickr/CC/Cássio Abreu

Priest Tiger é uma das maiores referência atuais da música jamaicana
A diretora da Divisão de Indústrias Culturais e Criativas do Ministério, Janice Lindsay, explicou que a ideia é designar um comitê que preparará a proposta com o objetivo de apresentá-la em março de 2017.

"Temos que proteger a história distintiva do reggae como um patrimônio intangível e devemos fazê-lo antes que alguém mais apresente elementos desta proposta como sua", disse Lindsay em comunicado.
 A funcionária ressaltou a importância que esta designação teria para as futuras gerações, já que serão elas as que "não nos perdoarão se tiverem que ler ou escutar trechos de obras musicais de nosso país porque o resto foi se perdendo com o passar do tempo".
Além disso, assegurou que a inscrição como patrimônio cultural intangível da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) será vista como evidência da "origem e distinção do que é ser um jamaicano".
                                           Flickr/CC/Cássio Abreu

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

GRANDE SIMEON BROWN

Em 1967/04/05 nasce na Guiana, "Martin Benjamin" (Simeon Burnham, no Brasil, Simon Brown) Ele começar a cantar Dancehall e Reggae, desde que ele era uma criança. Reggae music foi o ritmo que ele sempre amou. Especialmente a mensagem do reggae original, e as Raízes e Cultura do "Reggae Music" Ele se identificou com a originalidade Africano, na "Drum and Bass" e Heart Beat "fazer o bem, fazer o bem" SIMEON BURNHAM (Simon Brown ) é um dos grandes nomes cantora, compositora e produtora de REGGAE MÚSICA DO MUNDO. Ele trabalha no Brasil, em sua carreira, cerca de dez anos, neste tempo jogando muitos hits, em todo o Brasil que jogar Reggae Music. Hoje ele tem um estúdio "Ponto Xis Record" Em São Luis (MA) Brasil, Produção Eletrônica Reggae Music. Mas Ele sonha realmente, é ter um "Raízes Band" "Isso é o que, DEUS! Precisa eu faço, enviando sua mensagem para o mundo inteiro" "Iam partir da raiz do Reggae! Eu amo Reggae Roots" REGGAE, raízes e da cultura . JAH VIVER !!!

Fonte  Reggaesimeonburnhaminbrazilsimonbrown

sábado, 16 de janeiro de 2016

Filha do cantor Jackie Brown pede ajuda para enterrar seu pai!

Por DJ Waldiney

Após mais de dois meses que o veterano cantor de reggae Jackie Brown morreu, o artista ainda não teve o funeral merecido. Quando falei que Jackie morreu pobre, muitos duvidaram, então a cena se repete mais uma vez. Vi notas de repúdio ao governo jamaicano sobre o assunto, referindo-se ao esquecimento do mesmo em relação aqueles que elevam o nome do país mundo a fora. Muitos vivem na miséria e não recebem apoio devido. Um exemplo disso é Jimmy London, radicado em Londres, que tornou-se alcoólatra e vive de favor. Onde estão os direitos-autorais? Nunca se viu.

Brown morreu em 12 de novembro em sua casa em Queens, New York, ao 69 anos, após uma longa batalha contra diabetes.

Channon Brown (neto) e Odette Brown (filha) entraram em contato comigo (DJ Waldiney) e comentaram a triste situação. Odette está em Nova York e deparou-se com a burocracia e despesas para o funeral do pai. Ainda não sabe se poderá viajar com o corpo à Jamaica para o sepultamento. Abalada, ela comentou que as pessoas amigas de Jackie desapareceram. Afirmou serem 11 irmãos, mas tem contato com apenas oito que comentaram que não tem nada a ver com isso.

A família pediu ajuda em uma campanha para garantir um sepultamento justo ao grande ídolo dos maranhenses, como ele mesmo citava sobre os shows marcantes que fez aqui. Ela afirma também sobre não saber para onde foi o dinheiro do pai, mas sabe de problemas judiciais com a ex-esposa.

Odette pede para que os fãs de seu pai a ajudem doando qualquer quantia. Deixou as seguintes informações:

David Williams Funeral Home

Contato: 718-2913823

Odette Brown, TD Bank, Flatbush. Número da conta 4325824616 Ela precisa levantar para os custos cerca de US$ 4.000.

Fonte  Reggae Point

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Rastalex

Descobrir uma nova maneira de fazer experiências de música instrumental e, ao mesmo tempo, explorar possibilidades que a só a música eletrônica oferece. Este é o conceito-chave dos últimos trabalhos de Rastalex.

Unindo a sonoridade de instrumentos eletroacústicos às mais avançadas ferramentas de áudio digital, o artista embarca na jornada em busca da harmonia entre os modos orgânicos e eletrônicos de se fazer música.

Conservadorismo e vanguarda se encontram em timbres e arranjos, mostrando que é possível fazer gravações de boa qualidade sem investimentos milionários em equipamentos, estúdios e técnicos.

O trabalho autoral é recheado de referências aos grandes clássicos do reggae jamaicano e inglês, perpassado pela veia jornalística de Rastalex, que utiliza colagens de audio de telejornais para reforçar o tema central das letras, transformando as músicas em dubs psicodélicos que são herança de suas experiências com a música eletrônica. E ainda em meio a tudo isso, há uma forte influência da música clássica e erudita. Por ser autodidata, o artista busca inspiração no que há de mais sofisticado em termos de arranjo e melodia, já que nunca obteve formação musical formal.

Rastalex é um exército de um homem só. Compõe, arranja, grava, mixa e masteriza suas músicas no seu quarto, em Porto Alegre, sul do Brasil. Atualmente, prepara dois EP's para 2014: "Viva Sua Vida (Energia)" EP de estreia que viaja pelas várias vertentes do reggae, com ska, lovers rock e one drop, e o EP "Reggaethoven", que traz versões em reggae de grandes temas do lendário compositor alemão Beethoven.

Fonte  palcomp3

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Afrodizia prepara lançamento de seu novo álbum com grandes participações! Confira!

Natural de Maringá (PR) onde se formou, o Afrodizia se radicou em Itanhaém (SP), e traz em seu som a essência do reggae jamaicano aliada à personalidade da música brasileira.

Com duas turnês internacionais pela Europa, a banda traz no currículo mais de 50 shows realizados em países como França, Eslovênia, Suíça e Áustria, participando de alguns dos principais Festivais do verão Europeu.

REGGAELIZAÇÃO
Atualmente a banda prepara seu mais novo trabalho intitulado "Reggaelização", produzido por Junior Marvin (lendário guitarrista de Bob Marley) e Michael Ruzitschka, talento da nova geração da música brasileira.

Contando com 16 músicas inéditas, "Reggaelização" é mais do que um álbum, é a pedra fundamental de um movimento de cultura de paz proposto pela banda, conectando o mundo através da música.

PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS



O cd conta com as participações já confirmadas de Luciano (Jamaica), Rica Newell (Jamaica), Dean Fraser (Jamaica), Junior Marvin (Jamaica), Carlinhos Brown (Brasil), Chico César (Brasil), Quique Neira (Chile), Queen Omega (Trinidad), Peetah Morgan (EUA), Big Mountain (EUA), Pato Banton (UK), Isiah Shaka (França), Lord Alajiman (Senegal), Ombre Zion (Senegal), Young Mbazo (Africa do Sul), I-Dren Artstrong (Filipinas) e House of Shem (Nova Zelânda) com representantes de todos os continentes.

O lançamento do projeto esta previsto para Fevereiro de 2016. Enquanto isso, o Afrodizia preparou uma série de vídeos faixa a faixa que serão lançados mensalmente apresentando todo o processo de gravação e depoimentos do projeto.

SURFOREGGAE

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Morre o cantor jamaicano Jackie Brown

Morreu nessa quinta-feira, 12, em Queen, Nova York, o cantor e compositor Jackie Brown. Segundo as primeiras informações, Jackie lutava contra complicações relacionadas à diabetes. Mantive contato com Channon Brown que mora na Jamaica e é neto do cantor, mas ele não sabia sobre a morte do seu avô. No entanto, estava ligando para sua casa e ninguém atendia o telefone.

Por conta da doença, o artista já havia perdido os seus membros inferiores, deixando-o ainda mais fragilizado. Somado a isso enfrentava problemas judiciais com a ex-esposa que lhe havia tirado boa parte dos bens. Ele administrava seu perfil no facebook e conversava com seus fãs, inclusive falava sobre a possibilidade de retornar ao Brasil, onde sempre mencionava o show histórico realizado na nossa capital, onde reuniu centenas de fãs.

Brown nasceu em Portland, Jamaica, em 25 de dezembro de 1940. Mas residia atualmente em Nova York. Seu primeiro single de sucesso foi o couver de Elvis Plesley, chamada “One Love of Night, One Night of Sin”, produzido por Sonia Pottiger, mais tarde regravada para Sidney Crooks e Joe Gibbs. Além desta incrível canção, gravou na década de 70 sucessos absolutos, a exemplo de: Send Me The Pillow, Crazy People, Miss Hard To Get, Blue, Lion Head, Close By Your Side, Dance With You, Sheep And Goat, Third World Children, Poorman Portion, entre outros. Ele chegou a trabalhar com Bob Marley and the Wailers, I-Threes, Jacob Miller & Inner Circle, Toots and the Maytals, Ken Boothe, Byron Lee and the Dragonaires, Fabulous Five, entre outros.

Assim como muitos jamaicanos que migraram para a Europa e América Central, Jackie Brown integra a lista de cantores esquecidos pela grande mídia. A morte dele deixa um espaço que na Jamaica jamais será preenchido. Eu tive o privilégio de conhecê-lo no estúdio da Mirante FM, onde o mesmo foi entrevistado por Tony Tavares, que comandava o Reggae Point naquela época. Jackie Brown deu-me um pôster autografado que guardo com muito carinho.

Por DJ Waldiney  reggae pointe

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Morre DJ Ceará nessa madrugada em Imperatriz

Morreu na madrugada desta quarta-feira (11), Raimundo Edwilson Sousa do Carmo, o DJ Ceará. De acordo com informações, a morte dele foi ocasionada por uma infecção após uma cirurgia para a retirada de uma hérnia. Ele morreu no Hospital Municipal de Imperatriz (HMI), onde estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
A morte de Ceará, que era bastante conhecido na cidade, pegou os amigos de surpresa. Por meio das redes sociais, várias mensagens de pesar estão sendo postadas a todo momento. “Que tristeza! Mas Deus sabe todas as coisas. Que o Senhor te conceda o descanso eterno ao lado dele”, postou a internauta Dilma Fernandes.
“Ainda não caiu a ficha. Minha última conversa com ele foi elaborando projeto pra 2016. Agora recebo esta triste notícia, é difícil de acreditar”, postou Eduardo Sena. “Vai ficar para sempre em nossos corações”, lamentou o radialista Amaral Reis.

Por asmoimpcomduduzao

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

REGGAE MISTO

01-Wild Knights-she likes to party
02-Jimmy Reid-nah give up
03-Mikey Spice - Showers Of Blessing
04-Stanley Roots-angel
05-Honey Boy - All I Want
06-bill spencer-its a beautiful life
07-Jimmy Riley-your the one
08-clinark-as a man i weep
09-Donna Marie - Shing Star
10-Gregory Issacs - My Time
11-the stingers-rasta stop no one
12-Brent Dowe - Little Nut Tree
13-cool-runnings-playhouse
14-Mike Brooks-lonely
15-Donna Marie - In Loving You
16-Honey Boy - Where Will You Be
17-Gregory Issacs - Cool Down The Place
18-Barrington Spence-my god and i
19-Donna Mrie - Wish id Never Kissed You
20-Jackie Edwards-theres only you in my love


Por  wesleybyroots-omagnatadoreggae

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Tribo de Jah divulga projeto para novo CD

A banda Tribo de Jah promove financiamento coletivo para produzir CD comemorativo aos 30 anos de existência. A meta é arrecadar R$ 50 mil, que cobrirão os gastos de produção e mixagem do álbum que trará músicas inéditas e as participações especiais de Pedro Elias, filho de Fauzi Beydoun (vocalista da banda) e Kenilson Enes, filho de Neto Enes (guitarrista da banda). A segunda fase do projeto consistirá na gravação de um DVD no nossa capital São Luís, mas sem data programada. Para participar, acesse o site benfeitoria.com e saiba mais sobre o projeto.

A próxima apresentação da Tribo de Jah será dia 31 no Luau da Toca do Trovão, na Praia do Araçagi. A Rádio Mirante FM dará a um ouvinte dois pares de ingressos (Deck Front) para o show e mais visita ao camarim da banda. Acesse aqui e participe da promoção.

Por  DJ Waldiney

domingo, 25 de outubro de 2015

VA-20 Reggae Classics-1984


01.Tony Tribe-Red Red Wine
02.The Melodians-Sweet Sensation
03.Nicky Thomas-Love Of The Common People
04.The Slickers-Johnny Too Bad
05.The Maytals-Pressure Drop
06.Harry J All Stars-Liquidator
07.Simaryp Skinhead-Moonstomp
08.The Pioneers-Longshot Kick De Bucket
09.Winston Groovy-Please Dont Make Me Cry
10.Jimmy Cliff-Many Rivers To Cross
11.Desmond Dekker-007
12.Dandy Livingstone-Rudy A Message To You
13.Boy Friday-Version Girl
14.Eric Donaldson-Cherry Oh Baby
15.Clancy Eccles-Fattie Fattie
16.Bob Marley-Keep On Moving
17.The Pioneers-Time Hard
18.The Maytals-Monkey Man
19.The Melodians-Rivers Of Babylon
20.The Ethiopians-Train To Skaville

Por  wesleybyroots-omagnatadoreggae